top of page

MUJICA: O caldo exótico paraense

Coluna de hoje

Crédito da foto: Narinha Tabosa.

Pouco se sabe sobre a origem da mujica mas pode ser associada ao caribé, por causa do sabor, ingredientes e praticidade. Além de saborosa, a mujica é um prato que pode ser servido como entradinha acompanhado de torradas ou mesmo principal.


A mujica é um caldo preparado com água quente, ervas da Amazônia: Chicória, alfavaca, coentro, pimentinha, sobras de peixe, caranguejo e camarões salgados. Geralmente, faz-se com sobras dos preparos, exatamente por isso a praticidade, pois é uma iguaria de reaproveitamento de alimentos, engrossada com farinha d'água fina.


Esse caldinho tipicamente paraense é consumido especialmente por ribeirinhos no período do inverno amazônico para espantar o friozinho indesejado e indícios de gripe e reumatismo. Servido também em caso de febre para "fazer o caboco soar" como se diz por essas bandas.


Uma lenda que envolve o consumo da mujica seria o consumo por grávidas e mães "recém paridas" assim o bebê seria bem servido de leite materno. Caldos encorpados aumentariam a produção e a qualidade do alimento ao bebê em fase de amamentação.


Importante saber que para o caldo ser denominado de mujica, o mesmo deve manter os seus ingredientes amazônicos, adicionando qualquer proteína ou ingrediente que fuja dessa regra passa a ser uma sopa tradicional como as servidas em outras regiões, perdendo a origem cabocla.


A mujica é um caldo delicioso, nutritivo, prático e pode também ser bonito, basta acrescentar na apresentação uma generosa porção de camarões.


A seguir a receita da nossa mujica. Bom Apetite!


INGREDIENTES:


1 litro de água quente

Sal à gosto

1 xícara de farinha

Cheiro verde, pimentinha, alfavaca e chicória a gosto

2 dentes de alho

1 cebola picada

Sobras de peixe sem espinhas, camarão ou caranguejo.


MODO DE FAZER:


Misture todos os ingredientes na água já quente e deixe cozinhar por 5 minutos, acrescente a farinha e mexa até engrossar. Por fim, acrescente o peixe, caranguejo ou camarão. Mexa por 2 minutos e está pronto.


Posts recentes

Ver tudo

Gengibirra, a bebida exótica e misteriosa

Gengibirra é uma espécie de cerveja artesanal que tem o gengibre como ingrediente base misturado ao açúcar ou mel, fermento de pão, água e ácido tartárico. Geralmente saborizada com alguma fruta. A ma

Ajuru: a frutinha exótica das praias

Sabor exótico, adstringente, estimulante sexual e pouco explorado pelos paraenses, o ajuru é uma frutinha de origem africana, precisamente do Senegal. Facilmente a encontramos em regiões de praias nos

1 Comment


Oi Narinha


O peixe é refogado ou cru?

Like
bottom of page