top of page

Quadro Quarta Boa mostra pessoas importantes da gastronomia paraense

A primeira convidada é Lucimar Jordão, chef que já mostrou a culinária paraense em vários lugares

Estreia hoje (30), às 19 horas, o quadro “Quarta Boa”, no Gastronomia Paraense. Toda quarta-feira, no mesmo horário, será transmitida, no Facebook e no Instagram do site, uma live com alguém relevante para a gastronomia local, com o objetivo de debater sobre culinária, contar histórias e inspirar pessoas. A convidada de hoje é a chef paraense Lucimar Jordão, que há três anos mora em Buenos Aires, na Argentina, e este ano está participando de um concurso gastronômico da Espanha, chamado Cocinando Por El Mundo Con Chef Estrella.


Para a chef, é um grande prazer poder falar sobre o Pará, onde ela nasceu e morou até os 25 anos. Lucimar está há 25 anos fora, mas afirma que nunca deixou de valorizar a cultura paraense e os produtos locais que conquistam o paladar de pessoas por todo o mundo. “Participar da live é uma honra. Todos os profissionais querem ser reconhecidos por seu trabalho, o que muitas vezes leva tempo, e passamos por dificuldades e por choros que ninguém vê nos bastidores”, lamentou.


Há 25 anos, Lucimar saiu de Belém do Pará e foi para o Rio de Janeiro em busca de melhores oportunidades. “Eu via receitas na TV e queria fazer igual ou melhor, porque eu sempre queria inventar algo diferente, criar algo que eu pudesse chamar de meu. Na cozinha a criatividade é muito importante. Minha grande escola da vida foi como doméstica, profissão que, infelizmente, muitos não valorizam”, disse a chef.


De acordo com Lucimar, no início, vários empregos ela perdeu por não ser a cozinheira que sabia elaborar comidas variadas, um menu para cada dia da semana, como muitos exigiam. Mas a chef teve também patrões que viram o potencial e a vontade que ela tinha de ser uma grande profissional. Hoje, ela consegue criar menus quem duram por meses, sem repetir pratos.


“Um dia tive como patroa Márcia Carnaval, que se tornou meu anjo da guarda, me dava receitas, dicas e tinha paciência. Ela investiu em mim e me ajudou a crescer e a confiar que eu podia chegar longe. Para minha surpresa, Márcia me presenteou com meu primeiro cliente vip, um jogador de futebol famoso. O jogador que, quando eu trabalhava no estádio de futebol Maracanā, no Rio de Janeiro, várias vezes eu saí correndo atrás dele para tirar uma foto. E agora eu estava lá na cozinha dele por 20 dias para elaborar a comida da festa de natal e de ano novo”, lembrou Lucimar. Para ela, isso significa que Deus cuida de tudo e que no tempo certo Ele tem tudo preparado.

Lucimar foi morar em Buenos Aires há três anos, pelo sonho dela de fazer uma faculdade de gastronomia internacional e de ter a carteira de chef internacional. “No Brasil fiz vários cursos voltados para a culinária internacional e cada vez mais tenho que me atualizar, pois a gastronomia é um mundo infinito que se renova todos os dias. Comecei a carreira internacional aqui em Buenos Aires, mas ainda quero ir muito além”, contou.


A chef é fã de muitos concursos gastronômicos e sempre estudou com o sonho de participar de um desses programas, nos quais o inimigo do cozinheiro é o tempo. Este ano, ela conseguiu entrar no Cocinando Por El Mundo Con Chef Estrella, concurso espanhol.


“Um domingo almoçando com meu marido, me chega algo no gmail, fui abrir. Estava escrito ‘você foi selecionada para participar do Chef Estrella’. Para passar para a outra fase, eu tive que mandar um vídeo fazendo uma receita que não poderia ultrapassar de 15 minutos. Elaborei um sushi paraense, feito com pato selado na castanha do Pará, com uma salsa de tucupi preto e enrolado na folha de jambu. Além de representar o Brasil, eu apresentei a gastronomia paraense. Depois de alguns dias, chegou o tão esperado e-mail dizendo que passei. Agora, sigo na disputa, representando o Brasil e o Pará”, comemorou Lucimar.

Comments


bottom of page