Gengibirra, a bebida exótica e misteriosa

Gengibirra é uma espécie de cerveja artesanal que tem o gengibre como ingrediente base misturado ao açúcar ou mel, fermento de pão, água e ácido tartárico. Geralmente saborizada com alguma fruta. A mais utilizada é o abacaxi pela facilidade da fermentação.


Há muitos mistérios que envolvem essa bebida. Há quem diga que tenha vindo do Paraná, até mesmo por causa do nome Gengi (gengibre) Birra (cerveja em Italiano) e também do Estado do Amapá, fazendo parte inclusive da cultura popular do marabaixo, tipicamente amapaense. Mas uma coisa é unânime: A gengibirra é uma bebida de origem negra.


Dois municípios paraenses adotaram a bebida como tradição local há algumas décadas: Marapanim e Bragança. O gengibre cultivado no Pará possui uma casca bem fina, diferente do gengibre japonês vindo de outros estados com a casca grossa que alteraria o sabor da bebida.


O consumo dessa "cerveja" era um acontecimento e envolvia um ritual. Seria produzida pelos idosos de comunidades rurais das cidades de Bragança e Marapanim e era servida em duas ocasiões: Dia de Finados e nas festas dos padroeiros, criando assim memória afetiva dos antepassados.


Com o tempo, as bebidas artesanais foram perdendo espaço para produtos industrializados como refrigerantes e cervejas engarrafadas. O enfraquecimento do consumo se deu porque as pessoas que produziam a bebida foram morrendo e não passaram a tradição aos mais novos. Bem como, a preferência em consumir produtos gelados, sendo a gengibirra consumida natural.


A seguir, a Receita da Gengibirra:


Rale 5 gengibres e ferva com 2 litros de água filtrada. Acrescente mel, cravinho da Índia.


Em outro recipiente caramelize 400 gramas de açúcar e depois junte à mistura feita anteriormente. Deixe reduzir em fogo baixo.


Esfrie e coe assim acrescentando cachaça e suco de abacaxi.


Uma curiosidade é que somente os homens poderiam experimentar a versão com álcool.


Posts recentes

Ver tudo

Sabor exótico, adstringente, estimulante sexual e pouco explorado pelos paraenses, o ajuru é uma frutinha de origem africana, precisamente do Senegal. Facilmente a encontramos em regiões de praias nos