top of page

Farinha de tapioca, leve sabor paraense

Conheça a farinha de tapioca: Uma das muitas delícias do Pará

Crédito da foto: Divulgação.

Criada a partir do polvilho ou goma, como é conhecido popularmente a fécula da mandioca, a farinha de tapioca é um alimento produzido de forma artesanal e comum nas mesas dos paraenses. Leve e branca, a farinha de tapioca é um sagu expandido e é feita nos fornos das casas de farinhas, comuns na região bragantina do estado.


A fabricação da farinha de tapioca ocorre em pequenas escalas, e em movimentos repetitivos e predominantemente manuais, e podem ser produzidas através de raízes variadas de mandiocas. Os processos de produção consistem em descascar as raízes, triturar, desintegrar, purificar, peneirar, centrifugar, concentrar e secar, segundo a Emater.


Formas comuns do consumo da farinha de tapioca no estado do Pará é colocá-la no açaí ou no cafezinho preto, na produção de mingau de tapioca também - o que é uma delícia - além de usá-la para várias outras receitas como bolinhos, roscas, bolos e pudins, por exemplo. O bolo podre é uma dessas receitas deliciosas utilizando farinha de tapioca.


A comercialização da farinha de tapioca é feita nas feiras abertas de Belém e demais municípios do estado, além de supermercados e outros comércios menores. Se já experimentou farinha de tapioca, diga para a gente como foi. Se ainda não, experimente e compartilhe com a gente sua experiência.


Veja abaixo a receita do Bolo Podre de Farinha de Tapioca:


Ingredientes


500ml de Farinha de tapioca

500ml de leite líquido

½ de creme de leite

½ de leite condensado

2 colheres de sopa de açúcar


Modo de preparo


Misture o leite e a farinha de tapioca em uma forma redonda com furo no meio e deixe descansar por aproximadamente 20 minutos. Após isso, misture os demais ingredientes, leve à geladeira e aguarde o tempo aproximado de 12 horas. Em seguida é só desenformar e está pronto para servir.



Não esqueça de nos acompanhar no YouTube e os conteúdos aqui em nosso site.


留言


bottom of page